Seção de atalhos e links de acessibilidade

Roberto Dorner

Partido: Republicanos
Grau de instrução: Ensino Fundamental completo
E-mail: gabinete@sinop.mt.gov.br
Telefone: (66)3517-5214
Perfil:

Roberto Dorner nasceu na cidade de Bom Retiro, Estado de Santa Catarina, aos seis dias do mês de abril de 1948. Primeiro filho do casal Eugênio Dorner e Olívia Burck Dorner. Ainda criança, muda-se com sua família para o Sudoeste do Paraná e fixa residência no município de Laranjeiras do Sul, mais precisamente no Distrito de Porto Santana. Os anos foram passando, aquela criança crescia e ajudava seus pais na lida diária do interior, trabalhava na roça.

Com a juventude, nascia uma grande paixão pelo futebol o que fez de Roberto um dos melhores jogadores de sua região, tendo jogado em diversos times, conquistando vários títulos de campeão regional, o que lhe fazia um dos mais felizes e festivos de sua turma. Vencer sempre foi um objetivo.

Em 1969, ainda em Porto Santana, se casa com Ivete Maria Crotti Dorner, dois jovens e vários desafios. Filhos de casais humildes, Roberto e Ivete sentiram na pele a falta de recursos financeiros.

Trabalhava de motorista de caminhão, e mais tarde começou a trabalhar de empregado de seu cunhado, exercendo a função de balseiro nas embarcações que faziam o transporte sobre o Rio Iguaçu, ligando Sudoeste do Paraná aos demais Estados do Sul, (Santa Catarina e Rio Grande do Sul).

Mais tarde, seu Eugênio, (pai de Roberto) se torna proprietário da mesma Balsa em que ele trabalhava, e de quebra oferece uma pequena parte para o seu Roberto, não foi de graça, já que o mesmo pagou com o seu trabalho.

Em 1974, já com três filhos, (César, Célia, Sidnei) mudou-se para cidade de Santa Fé, no Paraguai, onde, juntamente com seus irmãos investe nos ramos de madeireira e navegação, ajudando, através das balsas, abrir novos horizontes naquele país. No entanto, como na época, os paraguaios não gostavam dos brasileiros, começa as perseguições, e assim, logo seus negócios, se desfazem, tendo sido, praticamente, expulso de sua residência. Foram dois anos de sonhos e desilusões, sofrimentos e humilhações.

Sem desanimar a família se propõe a mais um desafio - Roberto, tem que iniciar tudo de novo, para isso retorna ao Estado de Paraná, mais precisamente, na pequena localidade de Segredo, onde, com o pouco que restou de seus negócios no Paraguay, adquiriu dois ônibus para fazer transportes de alunos.

No início da década de 80, juntamente com seus dois irmãos Aldo e Waldir (in memorian), a bordo de um fusquinha 69, de cor branca, fazem uma viagem para conhecer o Norte do Mato Grosso.

Foi em Sinop que tudo realmente começou, com os primeiros investimentos feitos em uma empresa de navegação, ajudou a desbravar o Norte do Mato Grosso, levando, onde não havia pontes, o progresso através das Balsas.

Mais tarde, já reinvestindo em Sinop, adquire, em sociedade com seus irmãos, a primeira fazenda, e depois disso, com os negócios dando certo, a empresa de navegação se expande para outros Estados, como o Amazonas, Rondônia e Pará.

A necessidade de acompanhar os negócios mais de perto, fez com que Roberto novamente mudasse de cidade, desta vez para a Capital de Rondônia, Porto Velho, onde acompanhou de perto o desenvolvimento da região amazônica, através das atividades de sua empresa.

Mesmo residindo em Rondônia, amplia seus negócios, em Sinop, com a construção do primeiro prédio de Sinop, o Edifício Jacarandás. No agronegócio adquire prestígio e se torna referência na criação de gado de corte e na agricultura de Mato Grosso. Realiza a aquisição da TV Cidade Canal 04 (SBT).

Em 2001 Roberto volta a residir em Sinop. Em agosto de 2005 adquire as TV's Rondon, canal 5 de Cuiabá, e a TV Rondon, canal 8 de Rondonópolis (Geradora). Com visão, garra e uma boa gestão, segue expandindo sua rede de comunicação.

Sem nunca ter exercido cargo público, participou das eleições de 2010, concorrendo ao cargo de deputado Federal por Mato Grosso, conquistando 50.480 votos, ficando assim com a primeira suplência. No ano de 2011, atuou como deputado entre os meses de fevereiro a agosto e, em 2014, assumiu, em definitivo, seu mandato até o término de sua legislatura, sendo considerado um dos deputados mais atuantes do Estado do Mato Grosso no Congresso Nacional.

Na Câmara dos Deputados, integrou as Comissões Permanentes de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; Comissão de Viação e Transportes; Comissão de Desenvolvimento Urbano e Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural. Fez parte, ainda, da Comissão Especial de Transposição Hidroviária de Níveis.

Já foi presidente do Sindicato Marítimo de Rondônia (1998-2006); Membro, da Associação dos Criadores do Norte do Mato Grosso (Acrinorte); 2º Vice-Presidente da Associação dos Criadores do Norte do Mato Grosso (Acrinorte); Membro do Conselho de Desenvolvimento do Norte do Mato Grosso (Codenorte) e membro do Conselho Deliberativo da Associação dos Criadores do Norte do Mato Grosso (Acrinorte).

Em 2015, após um trágico acidente automobilístico, perde sua esposa, a sra. Ivete, com quem foi casado por 46 anos. A vida seguiu e Roberto conheceu a arquiteta Scheila Pedroso, com quem, hoje, constituiu família.

Mantém-se em plena atividade empresarial tendo, sempre, seus filhos ao lado e gerando cerca de 3 mil empregos diretos e indiretos.

Nas eleições de 2020, com 32.114 votos (49,11% dos válidos), Roberto Dorner, foi eleito prefeito de Sinop pelo Republicanos, legenda de número 10, com o apoio da atual gestora, Rosana Martinelli.