Noticias
DESENVOLVIMENTO
Prefeita, juízes e empresários avaliam projeto do novo Fórum de Sinop


Publicado: 04/07/2018 ás 18:00:00
Autor: Julia Munhoz
Fonte: Assessoria da Prefeitura
Foto Por: Ademir Jr

A prefeita Rosana Martinelli (PR) recebeu em seu gabinete juízes, representantes da empresa JMD Empreendimentos Imobiliários e Zellman e do escritório de engenharia e arquitetura Parthenon, que elaborou o projeto para a construção do novo Fórum da Comarca de Sinop. A apresentação foi realizada nesta quarta-feira (04) e a nova estrutura será construída no bairro Aquarela das Artes, a previsão de início das obras é para março de 2019, com término previsto para setembro de 2021.

A construção da nova sede do Fórum de Sinop é resultado de uma parceria entre o Município, Tribunal de Justiça e a JMD Empreendimentos Imobiliários e Zellman. A área de 40 mil metros quadrados foi viabilizada pela empresa e doada ao Judiciário, com aprovação da Câmara Municipal, como antecipação de área institucional ao município.  “Essas parcerias são importantes para continuar o progresso no município de Sinop. Essas áreas institucionais devem ser úteis e essas parcerias beneficiam a população”, destacou a prefeita durante a reunião.

A juíza diretora do Fórum de Sinop, Rosângela Zacarkim dos Santos, comemorou ainda a celeridade na elaboração do projeto e destacou a importância de todo o trabalho ter sido desenvolvido levando em consideração as perspectivas de crescimento populacional do município para até duas décadas.  “Fica em uma área ampla, que dista a três quilômetros da Catedral. Então, toda a população terá acesso fácil e as novas instalações atendem ao crescimento populacional, porque nós temos hoje 12 varas já na Comarca e o projeto é para os próximos 20 anos. A cidade, com certeza, vai dobrar de tamanho e o Fórum tem que acompanhar o crescimento com a instalação de novas varas. Então não podemos pensar em algo pequeno, mas que atenda a população daqui a 20 anos”, pontuou a magistrada.

Além de viabilizar a antecipação da área institucional em local privilegiado, a JMD também fez a doação de todos os projetos e tem arcado com os custos de escritura e transferência da área para o Tribunal de Justiça. “A gente contratou uma empresa especializada, que está atendendo muito bem essa necessidade e mostra também o quanto esse procedimento tem que ser pensado no processo inteiro, porque esse vai ser entregue em nível de licitação e temos uma chance muito grande que em março do ano que vem essa obra já comece”, explicou o sócio proprietário da JMD Edilson Macedo.

O projeto da nova sede do Fórum de Sinop começou a ser elaborado em novembro do ano passado pela Parthenon Engenharia e Arquitetura. Após a apresentação, o projeto passará por avaliação do Tribunal de Justiça e Prodeurbs para liberação do alvará de construção. A licitação para execução da obra será realizada pelo Judiciário estadual.

“São três fachadas diferentes, o projeto engloba 12.600 m², com toda a parte de fora do Fórum, com a entrada. Tem uma entrada do Tribunal do Júri e também do Juizado Especial, então são públicos diferentes de cada entrada do Fórum. Estamos trabalhando nesse sentido na questão da sustentabilidade, aproveitamento de água de ar condicionado. Isso tudo vai ser previsto no projeto”, considerou Miro Teodoro.

Também participaram da reunião de apresentação do projeto os juízes Cleber Luis Zeferino de Paula e Débora Paim Caldas, engenheiros e arquitetos da Parthenon e o diretor do Núcleo de Projetos (Prodeurbs) Paulinho Abreu, acompanhado de engenheiros e arquitetos do município.

 

Veja as Fotos