Seção de atalhos e links de acessibilidade

COPA MARCELINHO BOIADEIRO

Final da Copa Marcelinho Boiadeiro é decidida nos pênaltis


Publicado em: 23 de Setembro de 2021

Autor: Ana Rodrigues

Fonte: Assessoria da Prefeitura


Data: 23 de Setembro de 2021

Autor: Ana Rodrigues

Fonte: Assessoria da Prefeitura


A bola rolou ontem à noite (22), na final da Copa Marcelinho Boiadeiro - Interbairros de Futebol 2021. A partida iniciou às 20h, no estádio Massami Uriu, em uma disputa acirrada entre as equipes Independente/Castelo Construtora x a Ras Climatização/Invest.

No confronto final, em uma partida disputada lance a lance, no tempo normal ficou empatada em 02 x 02, levando a decisão para os pênaltis. Quem levou a melhor foi o time do Independente/Castelo Construtora, com o placar de 03 x 01.

A 8º edição Copa Marcelinho Boiadeiro, teve seu primeiro jogo no dia 04 de agosto, e contou mais de 600 participantes. Ao todo 29 equipes participaram da 8º edição da Copa.

Ao longo de 02 meses de jogos, foram 54 rodadas às quartas e domingos. O nome da competição é uma forma de homenagear o ex-camisa 10 do Sinop Futebol Clube (Galo do Norte), time por onde Boiadeiro atuou durante anos, pelo futebol profissional.

É um momento único do nosso futebol amador, queremos agradecer ao nosso prefeito Roberto Dorner que nos deu um respaldo muito grande, e toda a Gerência de Esportes. “A Prefeitura Municipal avança nas mudanças ao ofertar projetos que valorizam a modalidade e reafirmam o compromisso com a sociedade.", pontua a secretária da pasta, Sandra Donato.

A biografia de Marcelinho Boiadeiro levada ao conhecimento público naquela ocasião indicava um histórico de vitórias e amor ao esporte.  

 

Marcelinho Boiadeiro

Marcelo nasceu em Analândia (MS) e chegou em Sinop em 1986, onde seu pai já trabalhava com frigorífico e rodeio, daí surgiu o nome de “Marcelinho Boaiadeiro”. Aos 17 anos, Marcelinho conquistou a Copa Internacional de Futebol pelo Gama Júnior e, em 1990, participou dos Jogos Estudantis em Barra do Bugres onde Sinop sagrou-se campeã no Futsal, e, consequentemente, ele (Marcelinho) foi escolhido o melhor jogador. Dois anos depois jogou pelo Nacional Esporte Club de Rolândia, no Paraná. No ano seguinte, disputou o Campeonato Catarinense pelo Figueirense. Marcelinho ao longo dos anos participou de inúmeros campeonatos, inclusive foi o artilheiro da competição e eleito o melhor atleta do Estado. Disputou também os campeonatos em 1999, onde foi Bicampeão Mato-Grossense, em 2000 e 2001, informava o texto biográfico em ocasião da homenagem. Antes de sua morte, em 2012, Marcelinho atuava como empresário no ramo de madeira e pecuária.

DESTAQUES:

Artilheiro da competição: Jhoni Santos Oliveira com 06 gols. 

Equipe Centercar

Goleiro menos vazado: Everton Tiago Haubert com 05 gols sofridos.

Equipe: Construtora Castelo