Seção de atalhos e links de acessibilidade

INDÚSTRIA

Com investimentos de R$ 500 milhões, Inpasa avança em estruturação de projeto em Sinop


Publicado em: 28 de Fevereiro de 2019

Autor: Leandro J. Nascimento

Fonte: Assessoria da Prefeitura


Data: 28 de Fevereiro de 2019

Autor: Leandro J. Nascimento

Fonte: Assessoria da Prefeitura


Com investimentos confirmados para o município de Sinop na ordem de R$ 500 milhões, destinados à construção de uma unidade de produção de etanol à base de milho, a Inpasa deu mais um importante passo rumo à efetivação do projeto em solo sinopense.

 

Além das obras da planta industrial, que já ocorrem, a empresa começa, agora, a encaminhar para o município equipamentos que serão utilizados no processo de produção do biocombustível. Um dos exemplos é a evaporadora de 136 toneladas de aço que está sendo transportada de Piracicaba (SP) até a capital do Nortão.

 

Apoiada por incentivos da Prefeitura de Sinop, a empresa escolheu a maior cidade da região Norte devido à localização estratégica regional e confirmou sua base de operação na cidade após interlocução realizada pela equipe de governo da prefeita Rosana Martinelli.

 

“Essa empresa consolida a industrialização do município a proporções maiores porque nós temos várias empresas de pequeno e médio porte, mas essa significa uma proporção muito maior de industrialização”, ilustrou Rosana Martinelli.

 

“Estamos satisfeitos em ver esse desenvolvimento e o que essa empresa estará representando para o município de Sinop. Além da geração de emprego e renda, ainda há toda uma cadeia produtiva que será beneficiada. São agricultores que terão onde vender o seu produto, isso, consequentemente, vai incentivar ainda mais o plantio do milho. As pessoas que quiserem investir no plantio de eucalipto, que é a biomassa, também terão a venda garantida para a empresa”, salientou a prefeita.

 

Os investimentos chegarão a R$ 500 milhões e a previsão é de que a obra possa gerar, até, 3 mil empregos [diretos e indiretos]. De acordo com a empresa, a usina, que é a primeira do grupo e do porte a ser instalada no Brasil e em Sinop, por consequência, irá operar com 1,2 a 1,4 milhão litros de álcool por dia, moendo 3 mil toneladas de milho diariamente e 800 mil toneladas a 1 milhão de toneladas ao ano.

 

A produção para alimentar a indústria virá de Sinop e também dos municípios circunvizinhos. A multinacional é brasileira e possui capital aberto de vários países, inclusive dos Estados Unidos e conta com investimentos no Paraguai.